BLOG

Por que as mulheres podem ser excelentes investidoras?

Características tipicamente femininas podem ajudar – e muito – a fazer boas escolhas na hora de investir

Hoje vamos falar sobre comportamento financeiro feminino, incluindo maneiras de abandonar as velhas crenças que embasaram a nossa criação. Chega de acreditar e aceitar o mito de que mulher e investimento não se misturam.

Realmente, o contato das mulheres com o dinheiro é algo muito recente. Foi apenas em 1962 que se permitiu que elas tivessem conta em banco sem a autorização do marido. Por isso, ainda existe um certo tabu em falar de dinheiro com o público feminino e em acreditar que somos capazes de cuidar das nossas próprias finanças. A mulher sempre foi colocada numa posição de muitas tarefas, a maior parte relacionada aos cuidados com a casa e a família, enquanto a responsabilidade de administrar o dinheiro ficou a cargo do homem e/ou marido.

“Nós, mulheres, não nos interessamos muito por entender de dinheiro, desde que possamos pôr as mãos nele.” – Ivy Baker Priest, tesoureira dos Estados Unidos entre 1953 e 1961

Porém, os tempos mudaram, e a afirmação “não entendo de dinheiro” ou “não sei nada sobre investimentos” não pode mais fazer parte do nosso vocabulário.

Mulheres x Homens

Existem inúmeros conteúdos que abordam teorias sobre quem é melhor na hora de investir: homens ou mulheres. No meu ponto de vista, acredito que, independentemente do gênero, investir bem ou não tem a ver com habilidades, conhecimento, experiências e muita, muita dedicação. Dito isso, creio que nós, mulheres, possuímos algumas vantagens quando tratamos de dinheiro (risos).

Existem várias coisas que fazemos muito bem – e de forma natural. O que precisamos é saber usar essas características em nosso benefício também no campo financeiro. A seguir, listo quatro vantagens capazes de fazer das mulheres grandes investidoras:

  1. Não temos medo de admitir que não sabemos: perguntar ou reconhecer que não sabemos algo não é um problema, por isso, buscamos ajuda ou conhecimento para investir sempre que julgamos necessário;
  2. Somos grandes pesquisadoras: investigamos muito quando queremos comprar alguma coisa e, se não nos sentirmos familiarizadas ou seguras, não compramos. No caso dos investimentos, a fórmula é a mesma: procurar ações cujos preços estejam abaixo do valor para, então, comprá-las;
  3. Aprendemos umas com as outras: nós, mulheres, sempre compartilhamos o que sabemos. Quando descobrimos que algo funciona bem, dividimos a informação com as amigas;
  4. Fazemos o “dever de casa”: quando nos comprometemos com algo, vamos até o fim. Sabemos que investir bem é uma atitude diretamente relacionada a foco. E cuidar das finanças é algo que precisa estar sempre presente em nosso dia a dia.

LEIA MAIS: Um pouco de nudge para você melhorar a sua saúde financeira

Se você ainda não começou a investir, experimente e verá o quanto esse mundo dos investimentos é divertido e inspirador. Tenho certeza de que será muito gratificante para você reencontrar sua autoestima e, melhor que isso, ser independente e ter mais poder de escolhas à sua disposição. Garanto que você conquistará uma posição poderosa e libertadora. Homens: “Deem uma segurada!”.

Karina Scola Pescada é planejadora financeira pessoal CFP® da Foquemos Investimentos

Posts Relacionados

Finanças

Quanto é $uficiente para você?

Antes de mais nada, busque essa resposta através do significado que você dá ao dinheiro. Eu tenho um segredo. E esse segredo permitirá que você dobre sua renda em 12 meses com apenas mais cinco horas de trabalho por semana. Topa? Se você respondeu “sim”, quero lhe dar a oportunidade de triplicar esse valor em […]

LEIA MAIS
Sem categoria

O que há de certo comigo?

Foque em tudo que você tem de melhor para alcançar o seu propósito de vida. Você deve ter estranhado um pouco esta pergunta, não é? Infelizmente aprendemos a nos questionar: “o que há de errado comigo?” Geralmente, quando algo não está bom ou não está indo muito bem nos questionamos dessa forma, mas e se […]

LEIA MAIS