BLOG

As mulheres e as finanças podem viver felizes para sempre

Elas devem acreditar em seu potencial para cuidar do próprio dinheiro e, assim, deixar um grande legado para seus filhos e as futuras gerações

 

Qual foi a sua primeira experiência com dinheiro? Isso mesmo, lá na infância, o que você aprendeu com seus pais sobre dinheiro?

A sua primeira experiência com dinheiro pode marcar para sempre a forma que você se relaciona com ele pelo resto da vida. O dinheiro é a maior fonte de carga emocional que existe – você pode ser feliz para sempre com ele, ou então viver em pura desarmonia financeira.

Clique aqui e conheça o nosso Instagram

A mulher carrega consigo mil maneiras de encarar suas finanças. Há quem tenha tido na infância uma boa educação financeira: pais ensinando a economizar uma parte da mesada para o futuro ou pode ser que na sua infância você tenha passado por necessidades, então leva o dinheiro em sua vida como um mal necessário e, portanto, nunca consegue ter o bastante para momentos de emergência.

Pode ser também, que na sua casa seu pai cuidava de todas as finanças e sua mãe não tinha o menor entendimento sobre o assunto e em muitos casos, como este, a violência doméstica estava presente, onde sua mãe era totalmente dependente financeiramente e emocionalmente do seu pai e por esse motivo nunca buscou ter uma vida melhor.

São inúmeras formas que moldam nossa relação com dinheiro desde a infância.

O fato é que precisamos nos libertar de algumas crenças em relação ao dinheiro que nos impedem de sermos mulheres independentes financeiramente.

Precisamos criar novas formas de pensar toda vez que as nossas emoções estiverem à frente de decisões financeiras.

Temos que “dar uma segurada” nos prazeres imediatos que eliminam a possibilidade de alcançarmos nossos sonhos.

HOMENAGEM AO MÊS DAS MULHERES: Guia para sair da poupança – para mulheres

 

Na hora de comprar algo sempre se questione:

– Eu preciso disso, ou estou comprando apenas para satisfazer uma necessidade emocional?

– Eu tenho dinheiro para comprar?

– Precisa ser agora, ou eu posso esperar?

Essas perguntas fazem você refletir se realmente é relevante em sua vida adquirir certo produto ou serviço. Outra dica que considero muito essencial: não compre na hora. Reflita um pouco antes de tomar qualquer decisão de compra que comprometa sua renda mensal. Pode ser que você descubra que não precisava realizar aquela compra naquele momento e foram necessários alguns dias ou horas para descobrir isso.

Falando em comportamento financeiro, somos sempre seres irracionais que colocam as emoções à frente de qualquer tomada de decisão financeira e, como vimos, somos influenciadas diretamente pelos ensinamentos marcantes de nossa infância, quer sejam eles, bons ou ruins.

A única forma de ter uma boa relação com dinheiro pelo resto da vida é saber dominar suas finanças e se livrar dos limites impostos em sua infância.

A mulher deve acreditar que tem, sim, um verdadeiro potencial para cuidar do seu próprio dinheiro e pode deixar um grande legado para os seus filhos e futuras gerações.

Karina Scola Pescada é planejadora financeira pessoal CFP® da Foquemos Investimentos

Posts Relacionados

Finanças

Quanto é $uficiente para você?

Antes de mais nada, busque essa resposta através do significado que você dá ao dinheiro. Eu tenho um segredo. E esse segredo permitirá que você dobre sua renda em 12 meses com apenas mais cinco horas de trabalho por semana. Topa? Se você respondeu “sim”, quero lhe dar a oportunidade de triplicar esse valor em […]

LEIA MAIS
Sem categoria

O que há de certo comigo?

Foque em tudo que você tem de melhor para alcançar o seu propósito de vida. Você deve ter estranhado um pouco esta pergunta, não é? Infelizmente aprendemos a nos questionar: “o que há de errado comigo?” Geralmente, quando algo não está bom ou não está indo muito bem nos questionamos dessa forma, mas e se […]

LEIA MAIS